Emigrante


Ser emigrante, inevitavelmente, faz-nos ter uma perspetiva da vida, diferente.
Faz-nos olhar para o que é nosso e para os nossos, com outros olhos e essencialmente com outro coração.
Tudo o que acontece, sentimos em dose dupla, seja a saudade, o amor, a tristeza, a alegria entre tantas outras. Todas estas emoções, ganham uma dimensão diferente da, que até então, nos habituámos a sentir.
A saudade é sem dúvida a emoção que mais nos atinge, seja ela, pelos familiares ou amigos, ou até pelos cheiros, aromas e sabores. São saudades que se intensificam e nos fazem querer reviver todos esses momentos.
Faz-nos querer estar mais presentes, faz-nos querer falar, e principalmente, faz-nos querer dizer coisas que na maioria das vezes ignoramos. 
Faz-nos querer dizer um simples gosto de ti, tenho saudades tuas.

Somos uma família de emigrantes, porque assim o quisemos.
Não vejam este texto, como uma lamentação, muito pelo contrário.
Saímos do nosso Portugal, pelo qual temos uma paixão imensa, e decidimos embarcar numa nova aventura, experenciar coisas novas, culturas novas, formas de ver a vida e de vivê-la de maneiras diferentes. E isto encanta-me. Sempre me encantou viajar, é clichê o que vou dizer, mas é exatamente isso que penso, "viajar é única coisa no qual gastamos dinheiro e nos torna mais ricos".
Um dos meus sonhos é conhecer o mundo todo, sei que ainda me falta um bocado, mas felizmente também já estive mais longe.

Viemos porque quisemos, não porque tenhamos sido "expulsos/forçados" (como queiram chamar) do nosso país, como poderá ter acontecido a muitos. Mas obviamente, também não vou ser hipócrita ao dizer que viemos, só porque sim. Viemos de consciência limpa, mas viemos, porque as condições oferecidas foram muito superiores às até então vividas no nosso Portugal, tornando o nosso futuro mais animador e promissor. 

Embora tenhamos vindo com plena consciência do que estávamos a fazer, há coisas que são inevitáveis, e lembrarmo-nos constantemente daquilo e daqueles que deixámos para trás, é, simplesmente, inevitável, passo a redundância.

Damos por nós a recordar este e o outro, de irmos aqui e ali, de comer aquilo e aqueloutro.

Há dias em que a saudade "bate mais" e talvez hoje, seja um desses dias.
Estamos à distância de um telefonema, mas não estamos à distância de um abraço, de um beijinho, e esses sim, fazem toda a diferença.

No entanto, o contacto regular que mantemos com os nossos, fazem com que o nosso coração fique um bocadinho maior. Não só este contacto "virtual" mas também o apoio que sabemos que temos e que nos fazem questão de demonstrar constantemente.

Talvez porque hoje seja o dia da família, me tenha levado a pensar/lembrar, mais uma vez, o quanto a mesma é importante e devemos valorizar. E, mais uma vez, quando falo em família, falo daquela que nos foi atribuída bem como aqueles que escolhemos, os amigos.

Por aqui, somos 3 emigrantes, cheios de força e vontade para que tudo dê certo. Com uma adaptação muito positiva até ao momento, mas que, não se esquece das suas origens e tem um orgulho enorme em se lembrar das mesmas e de as partilhar com quem, nesta jornada, se vai cruzando pelo nosso caminho.

Aqui ficaremos por mais uns tempos, nesta nossa nova casa. Está a ser, e de certo, continuará a ser, uma experiência enriquecedora a todos os níveis. Porque, mais uma vez, esta família de 3, está bem esteja onde estiver, se estivermos, exatamente, os 3.

Beijinhos e abraços desta mais recente família, que entrou para a categoria, de emigrantes.


Comentários

  1. Não deve ser nada fácil... eu sou muito enraizada e custa-me muito a mudança. Dou muito valor aos emigrantes!

    Gostei do blog :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como sempre tive a ideia de que "um dia" não me importava de ir viver para fora, a adaptação está a correr melhor do que imaginava. No entanto, as saudades, essas não passam.. Também sempre admirei muito os emigrantes, e agora que faço parte "deles" consigo perceber, mais um bocadinho, o que sentem com as suas frustrações e conquistas.

      Obrigada! :) Criei este meu cantinho para poder desabafar, mostrar, criar memórias, e partilhar com quem me queira seguir. :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

1 ano..o rescaldo

Adultos precisam-se

Comprar roupa online_Lavendersun