Escapadinha de 3 dias - A começar por Bruges

Aproveitámos um fim de semana comprido (5 de Outubro) e rumámos à Bélgica para conhecer um dos sítios que já estava na minha wishlist de viagens à muito.

Foram 3 dias e 3 cidades diferentes. Bruges, Gent e Antuérpia.

Fomos de carro desde Amesterdão, rumo a Bruges, a primeira cidade que iríamos conhecer. São cerca de 2h45m de viagem.
Eram 21:30h quando já estávamos perto de Bruges, e nessa altura já andávamos à caça de um restaurante. Lá encontrámos um, perto da auto-estrada, mas à semelhança da Holanda, 21:30h já é muito tarde para jantar, portanto já não nos serviram. (estes horários ainda me fazem muita confusão)
Ora a única solução, aquela que nunca falha..O McDonalds é claro! Só um aparte, devo ter sido a única mãe neste mundo a obrigar o filho a comer McDonalds. Pedi um hambúrguer natura para o Francisco e foi um berreiro para conseguir que ele comesse alguma coisa. (mãe horrível..i know). Basicamente o jantar foram bolachas, fruta e leite, o que havia no carro. Ganho pontos por não o ter deixado passar fome?!?! #hopeso

(Isto de viajar com crianças é muito giro, mas não nego que dá uma trabalheira desgraçada. Esquecemos as rotinas, mas há coisas que temos que continuar a fazer, nomeadamente, alimentar a criança.)

Enfim, lá seguimos viagem para o Hotel em Bruges onde iríamos passar duas noites. Quis ficar duas noites em Bruges, para poder conhecer esta cidade também de noite.
Então o plano foi o seguinte:
Sexta de dia e noite - Bruges
Sábado durante o dia - Gent
Sábado noite e Domingo dia - Antuérpia

Começando então por Bruges:

Hotel
Velotel  foi o escolhido.
Dos que vimos, foi o que apresentou melhor relação qualidade/preço. Além das preferências habituas como ser limpo, etc, tinha estacionamento, o que para nós era uma prioridade.
Tem dois parques de estacionamento, um coberto e um ao ar livre, sendo que ao ar livre é gratuito e o de garagem paga-se 3€/noite e tem saída direta para entrada do Hotel. Pelo preço, que era baixo, escolhemos o parque coberto.
O Hotel fica a mais ou menos 2km do centro e para quem não vai de carro, disponibiliza transportes de ida e volta para o centro da cidade, são pagos, mas nada de extraordinário. O táxi era 20€/ida e volta e o autocarro mais barato, mas não me recordo dos preços exatos pois não utilizámos este serviço.

O Hotel é moderno, limpo e o staff super atencioso e simpático.
Disponibiliza berços para crianças sem quaisquer custos adicionais.
Quanto ao PA não experimentámos, pois achámos que 19,5€/por pessoa por dia, era demasiado para um PA. Então, mesmo à pobre, levámos farnel para os 3 para esta refeição. :P 

Começando então a aventura por Bruges.
Ótima dica para quem vai de carro para esta cidade:
Há um parque de estacionamento enorme junto à estação central de Bruges. Custa 3€/dia (baratíssimo) e o cartão do parque dá direito a ir e a vir de autocarro para o centro da cidade para 3 pessoas. Maravilhoso!! O trajeto de autocarro é direto e rápido, foi o que fizemos.

Tivemos imensa sorte com o tempo, estava sol e uma temperatura bastante agradável para a altura e para o país em questão.

Bruges é conhecida como um dos destinos mais românticos da Europa e nós fomos viver este "romantismo" a 3. É uma verdadeira cidade-monumento.

Iniciámos o passeio pela rua das lojas e fomos em direção à Praça Central - Grote Markt que foi restaurada em 1995 e apresenta vários estilos arquitetónicos como o gótico, renascentista e barroco. (só para verem como eu sou uma pessoa informada e não estou aqui para brincadeiras) :P 

A famosa rua das lojas:

 

Praça Central - Grote Markt



Uma da principais atrações desta praça é a Torre Belfort com 83m de altura, onde tem um campanário do século XII com 47 sinos, "só" precisam de subir 366 degraus e têm uma vista panorâmica e magnifica da cidade. Acredito eu que seja magnifica, porque com uma criança de 2 anos, não nos aventurámos, embora ainda tenhamos pensado em ir com ele ao colo, mas tinha fila de espera, portanto decidimos não ir, e acho que foi o que fizemos de melhor, se não, acho que hoje não estaria aqui para vos contar a história..

Torre Belfort
Praticamente ao lado da Grote Markt, separadas por uma pequena rua e em direção aos canais, encontram a Burg Markt, onde se localiza a Câmara Municipal, considerada uma das mais bonitas e antigas da Bélgica.

Burg Markt

Câmara Municipal
Do lado esquerdo da Câmara Municipal, podem ver a Basiliek van het Heilig Bloed (Basílica di Sangue Sagrada), facilmente identificada, pois tem as estátuas douradas no topo. Tem este nome, pois acredita-se que dentro da capela esteja guardado um frasco com sangue de Jesus.

Todos estes monumentos são lindíssimos e valem a pena a paragem, mas nós queríamos mesmo, era ver os canais que ilustram todos aqueles postais que vamos vendo por esta Internet fora. 

Fomos então em direção a Huidenvettersplein, um dos lugares mais emblemáticos para se tirar "aquela" foto de Bruges. E não desiludiu, muito pelo contrário... 

Huidenvettersplein
Outra maneira imperdível de conhecer Bruges, é fazendo um tour de barco pelos canais.
Ao contrário de Amesterdão, não se pode alugar um barco e partir à descoberta, apenas as empresas credenciadas (5 ou 6 no total) é que podem navegar pelos canais.
E foi exatamente isso que fizemos, um tour pelos canais que dura cerca de 1hora. Os barcos não são muito grandes e são completamente abertos, o que faz com que tenhamos uma vista magnifica sobre o cidade.

Ótimo passeio para quem vai com miúdos pequenos irrequietos, entre tirar fotos e evitar que ele se atire para água, é uma viagem cheia de emoção e adrenalina.







Hospital St. Jhon




Depois do passeio parámos para almoçar numa casa de sandes mesmo em frente a esta vista (foto em cima). Comida rápida para não perder tempo e posso dizer-vos que comi um dos melhores waffles de sempre!! Para o Francisco, como já sabíamos que provavelmente iríamos comer "fast food" pelo almoço, levámos a comida dele.

Continuámos então a passear por esta cidade que já nos tinha conquistado.

Deixo-vos alguns pontos de interesse por onde fomos passando (por ordem cronológica):

Minnewater - Lago do Amor. Diz a lenda que só vai experimentar o amor eterno quem cruzar a ponte a ponte ao lado da sua cara metade. Pelo sim pelo não, passámos...os 3! :) 

Aqui podem parar e fotografar os cisnes, são imensos e não "mordem"..podem ir, já fiz de cobaia para vocês. 



Passamos os portões que vêm na foto em baixo e entramos em Begijnhof - Jardins das Beguinas de Flandres, um convento para mulheres, construído no século XIII, um lugar religioso.

Entrada para Begijnhof

Begijnhof



Onze Lieve Vrouweker (Igreja de Nossa Senhora) - Não é fácil fotografa-la de perto, já que tem 115m de altura, fazendo com que seja a 2ª mais alta da Bélgica. Lá podem encontrar a famosa escultura "A Madona e a Criança" de Michelangelo. Linda e imponente!

Ao longe a Igreja de Nossa Senhora
Como não poderia deixar de ser, tivemos que experimentar a famosa cerveja Belga, como apreciadores de cerveja que somos e como o tempo convidava a isso, fizemos uma visita à cervejaria De Haalve Maan (Meia Lua) - fundada em 1564. Além da grande cervejaria em si, tem uma esplanada privada muito acolhedora, onde ao mesmo tempo que degustamos da cerveja, também podemos ir picando qualquer coisa. Um bom espaço para os miúdos estarem à vontade.
*as fotos em baixo que mostram o espaço não são da nossa autoria. Tive que recorrer ao Google porque aparentemente nesta altura só me lembrei de fotografar a própria cerveja. Não me chamem alcoólica por favor, estava só cansada.. 





Ora aqui está a minha foto (também é importante)
Continuámos a percorrer as ruas, andámos bastante e demos de caras com cantos e recantos simplesmente encantadores.

Para jantar, fomos a um italiano numa das praças de Bruges, muito bom, nada caro, mas só serve pizzas doces e salgadas.
A praça ainda de dia
Depois do jantar, fomos dar mais umas voltinhas para ver então Bruges à noite. As luzes das casas refletidas nos canais, são indescritíveis, as fotografias não fazem jus à beleza vista ao vivo. Só vos posso dizer que me voltei a apaixonar.
Deixo aqui algumas fotos.





Torre Belfort
Como vos tinha falado no inicio deste roteiro, tínhamos direito à viagem de volta para a estação central, onde tínhamos o carro. Mas como vimos que o autocarro ainda demorava 40  minutos para chegar, fomos a pé. Uma caminha de cerca de 10/15 minutos.

Ah, aproveitem também para comer chocolates, já que os chocolates Belgas são famosos. Em Bruges podem visitar o Museu do Chocolate, nós não o fizemos, até porque eu (Diana) não gosto desta "iguaria". Eu sei que sou estranha, não precisam de dizer. :)

E pronto, esta foi a nossa visita de 1 dia a Bruges. Se ainda não conhecem, aconselho que ponham este destino na lista, vão ficar tão apaixonados quanto nós.

No dia seguinte, seguimos para Gent, mas esse roteiro vai ficar para uma outra publicação porque o texto já vai longo!

Esperamos que tenham gostado e que vos tenha sido útil. Qualquer dúvida ou dica, sintam-se à vontade para perguntar.

Beijinhos




Comentários

Mensagens populares deste blogue

1 ano..o rescaldo

Adultos precisam-se

Comprar roupa online_Lavendersun